Aguentam, aguentam



Fernando Ulrich disse que os portugueses aguentam, aguentam mais austeridade porque até os sem-abrigo sobrevivem.

Ulrich faz parte daquele grupo de banqueiros que foi à televisão derrubar o Governo do PS e empurrar o país para a troika num ano de prejuízos para a banca. Agora o seu BPI passou para lucros de 249,1 milhões de euros; desses, 160 milhões resultam de mais-valias da carteira da dívida soberana portuguesa.

É contra esta gente, que faz e desfaz governos desde Salazar, que trata das suas pequenas traficâncias e negociatas enquanto o país se afunda, que temos de virar o tabuleiro da política, taxar, regular, controlar, reduzir o seu campo de acção e destruição. Eles aguentam, aguentam. São eles ou nós.