Não vão dar em nada

A Europa dos tecnocratas, que há muito abdicou de um papel político (no continente e no mundo), decidiu ensaiar alguma política a propósito da Ucrânia. Mas todos estes dias de declarações muito enfáticas a propósito de sanções não vão dar em nada. Eis a razão: